27 de nov de 2009

resumo das ultimas novidades da carreira do jb

Se mentores de alto nível, milhões de acessos no YouTube e incontroláveis fãs não são suficientes, o cantor de pop-soul, Justin Bieber tem outro trunfo invejável para facilitar a sua ascensão ao estrelato.



"Eu tenho um treinador arrogante que me ajuda e me ensinar coisas diferentes para fazer", revelou o cantor de 15 anos, nativo de Stratford, que está fazendo história como o primeiro artista solo a ter quatro músicas em seu álbum de estréia, My World, na Billboard's Hot 100 antes de seu lançamento no dia 17 de novembro.

Em uma indústria onde conta tanto imagem quanto som, o co-gerente de Bieber, a estrela de R&B Usher, 31, conseguiu um consultor de moda de homem para o jovem.

"Ele me ajudou com o meu estilo e apenas colocou peças juntas e criou camadas e coisas assim", disse Bieber sobre o administrador Ryan Bom, 24.

Em seu primeiro álbum Usher também teve seu tutor, Diddy, com quem morava em Nova York. A relação de Justin com Usher á algo sem comparação: “Ele é como um irmão mais velho para mim", disse Justin. "Acabamos de sair e realmente não falamos muito sobre música. Nós vamos andar de kart, jogar fliperamas e assistir filmes".

Mas ele também passa algum tempo Diddy. No vídeo Justin Bieber's 48 hrs with Diddy
(48 Horas de Justin Bieber Com Diddy), Diddy mostra sua Lamborghini, e diz que Justin só vai poder dirigir quando completar 16 anos. O trecho termina com JB dizendo, "Vamos pegar algumas garotas".

Se Bieber realmente queria andar com um “homem branco”, ele poderia ter ficado com Justin Timberlake, que acabou perdendo a guerra para Usher.

"Não foi realmente uma coisa de personalidade, porque eles foram gentis, e ambos eram agradáveis e muito amáveis", disse Justin dessa escolha difícil. O cantor, que também toca bateria, guitarra, piano e trompete. Chamou a atenção da empresa de Scooter Braun depois de postar covers de Usher, Ne-Yo e de Stevie Wonder no YouTube. Na véspera do lançamento de seu álbum, Bieber acumulou mais de 100 milhões de acessos no YouTube e colocou quatro músicas - "One Time", "Favorite Girl", "Love Me" e "One Less Lonely Girl" – no TOP40 da Billboard.

A “Bieber Fever” (Febre Bieber) entrou em vigor, através do GTA, com entrevistas em estações de rádios locais, com entrevistas em programas, com autógrafos e com a realização de shows com ingressos esgotados.

Centenas de meninas entre 6 e 16 se reuniam durante a madrugada na frente do Vaughan Mills Mall e do Kool Haus, na esperança de se aproximar de seu ídolo.

"Meu coração pertence à Justin", disse Alyssa Pickering Stockla, 13.

Rowchan Yasmin, 14, fala sobre os atributos do cantor: "Ele é multi-talentoso, sua voz, sua beleza, seu calor, o seu tudo."

Não é apenas uma coisa do Canadá, mais sim de 2.000 pessoas que foram ver Justin no Today Show, no Rockefeller Plaza de Nova York, a maior atração para qualquer artista este ano, até para Miley Cyrus. Ele também apresentou o VMA na MTV, em setembro, e participou do programa Ellen duas vezes.

No palco da Kool Haus, JB fez uma apresentação que durou 35 minutos fazendo com que as fãs não parassem de gritar: "Eu te amo". Ele provou ser um showman, com sua coreografia de hip-hop adequada ao seu tipo de música “açucarada”.

Já é comum ouvir JBieber dizer que está solteiro e que está na pista. Além disso, ele também afirma que tanto namoraria uma garota normal como uma garota famosa. Não se pode deixar de achar que música de amor é sua especialidade.

"Acho que todo mundo... até os bebês sabem sobre o amor", disse ele. "É apenas algo natural da vida que você poder amar. Eu não sei sobre o amor, eu não estou apaixonada por ninguém e nunca estive apaixonado, mas eu já amei".

De acordo com o look casual, o treinamento de Bieber foca em promover felicidade durante seus shows, fazendo as fãs felizes e permanecendo humilde. JBieber também já fez entrevistas em lugares inusitados, como foi o caso da entrevista para Munching Skittles, onde ele e o repórter se encontravam na parte de trás de uma van que estava levando Justin do hotel para fazer a checagem do som.

Morando fora por estes dias, Justin viaja com sua mãe e um tutor, e rotineiramente tem um ou dois guarda-costas musculosos ao seu lado.

"Estou realmente claustrofóbico", disse ele sobre o tema da crescente multidão de admiradores que aumentam a cada sua aparição pública. "Às vezes, se não está tudo bem organizado e se há fãs me apressando, eu me sinto assustado”.

Crítica ao My World

Em reduzidos 30 minutos, - incluindo uma versão em francês do single One Less Lonely Girl - este álbum é repleto de 'melodias cativantes’ que estão destinados a serem tocada incansavelmente pelos adolescentes. JB soa como o mais novo Chris Brown, só que com novos estilos de harmonias. Uma variedade de produtores e compositores americanos encontram a combinação perfeitas de batidas de hip-hop para combinar com a apaixonante voz do jovem canadense.

Porém, a equipe de produção Midi Mafia insistiu em anunciar logo no início duas faixas - "Down to Earth" e "Bigger" – umas das melhores canções do álbum. Bieber co-escreveu no piano "Down to Earth" que conta sobre a separação de seus pais: "Você me diz isso é o melhor / Então me diga por que estou em lágrimas?"

Usher faz uma breve aparição em "First Dance". Mas a empresa tomou conta para que o jovem não se sobrecarregasse com truques e participações. Com um álbum que cumpre sua promessa, a única coisa que poderíamos pedir é mais.
– Ashante Infantry


TOTALMENTE RETIRADO DO SITE JUSTIN BIEBER BRASIL